segunda-feira, agosto 10, 2009

Pipoca Agroselhada



Olá Meninos e meninas, tudo bem? (Amorin Style), dessa vez passando aqui para fazer um post um pouco... "Diferentch"...

Sabem, eu gosto muito de fazer doces, cacetada, acho que é bem possível que se eu tivesse uns 12 anos eu quisesse ser doceiro quando eu crescesse, porque é MUITO legal fazer uns docinhos!

Papo de bicha é o cacete viram, senhor machões que acham que falar assim de cozinhar e de fazer doces é coisa afeminada! Hombre que é hombre sabre agradar com quitutes energéticos para depois descontar essa energia de modo muito produtivo (reprodutivo só com carreira e relação estável e talz...)

Ops, enfim, eu gosto e sei fazer vários doces, então decidi colocar aqui a receita "passo-a-passo" de um dos meus doces favoritos!

Pipoca Doce!!!

(tá bom, se leram o título isso não é lá uma grande revelação...)

Sabe, muitas vezes em parquinhos comi essa pipoca, que é uma "diliça", o foda é que depois de crescido só tenho achado versões falsetas dela. Os vendedores muito espertos pegam corante vermelho e tacam na pipoca com um pouco de açúcar, o que é uma filhadaputagem total!

Enfim, a verdadeira pipoca doce de parquinho é com groselha e tenho dito! Se não fazem em suas cercanias, amigos leitores, agora vocês mesmos podem fazer!!!

Sigam-me os bons (cozinheiros):

Okay, vamos lá, para fazer a receita você precisara de:



- Milho pra pipoca (de boa qualidade, ou seja, daquele que estoura fácil e não te engasga ao comer)



- Açúcar (um monte, tem que ser formiguinha mas sem ter formigas escavando no seu açúcar!)



- Groselha! (Líquido-Ícone da infância de muita gente!)

- Coloque a pipoca na panela com óleo e a estoure! (Meu, se nem isso tu conseguir fazer na cozinha então suma, peça pra mamãe ou para um adulto responsável!)... [Caraca, que bizarro eu dizer algo assim hahahaha é tão Xou da Xu da vida! hahahaha]


- Eu tenho essa panela style, com tampa com manivelinha! Ha! eu giro e ela mexe os grãos de milho muito misturosamente! Assim elas estouram fácil e poucos grãos sobram! Sou um pipoqueiro praticamente! (Quem joga bola comigo lá na quadra da Spy é que sabe o quão pipoqueiro e pé torto eu sou hahahaha)

- Num disse? Olhaí como ficou! Praticamente uma pipoca refinada, gourmet, quase uma "pop-corn" da vida! Bom, agora que estourou deixe de lado... Não, peraí, quero usar esse termo gastronomico chique: "reserve" por alguns instantes em algum lugar moscaless!

- Passe um papelzinho e use a mesma panela, não tem porque sujar outra! Então coloque umas colheres de açúcar e um tanto de groselha. Eu não tenho uma medida certa, já que é de olho, então diria pra usar em média umas 6 colheres de sopa de açúcar e 6 colheres de groselha. Caso o xarope da groselha seja muito grosso, coleque um pouquinho de água.

- Vá mexendo tudo com uma colher de pau (er... eu só tinha de plástico... Mas tá valendo!), em fogo médio até ferver, aí abaxe o fogo rapidamente!

- Comece a jogar as pipocas, de pouco em pouco e vá mexendo. Faça isso rapidamente, para não deixar a calda sair do ponto! Se não tiver muita destreza para fazer isso, peça para alguém ir colocando a pipoca na panela enquanto você mexe, mas não ponha muita...

- Um segredo é ir colocando poucas e mexendo rápido, a pipoca absorverá o melado e ficará mais fácil mexer. Se você colocar muitas de uma vez, vai ficar difícil de mexer, as de baixo ficarão com muita calda e as de cima muito claras. Timing e uma boa distribuição de calda são tudo!

- O bom dessa receita é que cada vez você vai pegando mais jeito de fazê-la. Se usar pouca calda, as pipocas ficaram mais soltas, se eusar muita, elas ficaram grudadas!

- Voialá! Pipoquinha docinha bom pra namorada, namorado, pro titio e pra titia, pra vovó e pro vovô, pra papai e mamãe (er... sem duplo sentido).. Só não é bom para quem não pode consumir muito açúcar! Uma última dica: preense com algum prato na vasilha apra que elas fiquem mais grudadas e fáceis de se desmanchar na boca! E um último detalhe, depois de um tempo, como qualquer pipoca, ela começa a ficar parecendo chiclete de farpa, então, consuma rápido e não deixe sobrando para amanhã!


Bem é isso aí pessoal! Me contem se fizerem essa receita e o que acharam dela! É fácil demais pra fazer, não tem muitas dificuldades nem nada! Então, comentem! Pqp, ninguém comenta nessa bodega de blog! Se eu oferecesse pacotinhos dessa pipoca... ai sim acho que iriam querer...

Hehehe, desculpem a encheção de saco hehehe

Abraços a todos e até a próxima atualização! :-D

5 comentários:

Cynthya Lara disse...

manhêee, compra groselha ._.

Padin disse...

Hombre que é hombre sabre agradar com quitutes energéticos para depois descontar essa energia de modo muito produtivo

;)

Norrin Kurama disse...

O chato da pipoca doce é lavar panela depois. Mas vou falar da tua receita pra patroa, ela gosta de improvisar e criar na cozinha. eu nunca pensaria em groselha.

Philosophista disse...

Po Norrin, mas que eu saiba essa é a receita básica da maioria dos parquinhos que fui hahaha

Carla Antoni | Um Doce Dia disse...

Muito boa a sua receita, e muito fácil de fazer também. Quem sabe um dia tento em casa?!

:***

www.umdocedia.com.br